Trilha do Morro do Diabo no PE Morro do Diabo

Trilha do Morro do Diabo

no Parque Estadual do Morro do Diabo

Avistar o Rio Paranapanema, que divide os estados de São Paulo e do Paraná, e entrar em contato com um dos últimos fragmentos de Mata Atlântica bem preservados do interior do território paulista são os grandes atrativos da Trilha do Morro do Diabo. Do alto do morro, que tem seu cume com formato de platô a quase 600 metros de altitude, a paisagem compensa o esforço do visitante.

A trilha começa próxima da estrada Arlindo Bétio (SP 613), mas somente é permitido o acesso à trilha com acompanhamento dos monitores do Parque Estadual do Morro do Diabo. Seu percurso é toda em subida e em zigue-zague, cruzando uma região de mata bem fechada. Nas partes mais íngremes, há auxílio de corrimões. Durante a caminhada são vistas árvores como peroba-rosa, pau-d’alho, guarucaia, guarita, ipê-roxo e ipê-amarelo. Os animais mais comuns são o macaco-prego, o bugio, o esquilo-serelepe, a cotia, tucanos, araras, arapongas, além de borboletas.

Durante a trilha de 2,5 quilômetros (ida e volta) e que leva, em média, três horas para ser percorrida, o visitante tem lugares para descanso e encontra placas com informações. No platô do Morro do Diabo, há dois pontos para visualizar o horizonte: do primeiro pode-se observar o lado sul e sudeste do Parque, uma antiga estrada férrea e o Rio Paranapanema, enquanto do segundo ponto, atravessando o platô no sentido oposto, a vista é para o lado norte.

Um terceiro ponto visitando no platô é o chamado “Trono do Diabo”, uma pedra em formato de trono, onde são feitas fotos para recordação. No morro ainda encontra-se um marco geodésico, implantado na década de 1970 e que indica o ponto mais alto (599,5 metros).

Ficha Técnica


Parque Estadual do Morro do Diabo
Localização: Município de Teodoro Sampaio
Endereço: Rodovia SPV-028, km 11
Distância: 680 km de São Paulo
Distância Município/Parque: 12 km
Acesso: Pela Rodovia Castelo Branco (SP 280) ou diretamente pela Rodovia Raposo Tavares (SP 270) até Pres.Prudente. Seguir em direção a Pirapozinho pelas estradas SP-272 / SP-563 / SP 613. Até o Parque: SPV-028
Extensão: 2,5 km (ida e volta)
Perfil altitudinal: 388m → 600m
Percurso: 3 horas
Piso da Trilha: terra, pedregoso
Características ambientais: Mata atlântica de interior, Floresta estacional semidecíduae Floresta decídua.
Trilha: monitorada
Como agendar: na sede do Parque
Fone: (18) 3282-1599
E-mail: pe.mdiabo@fflorestal.sp.gov.br
Atrativos da trilha: Vista panorâmica da floresta, do alto do Morro do Diabo.
Horário da trilha: das 07h00 às 13h30
Horário do Parque: das 07h00 às 16h30
Limitação de usuário: 3 grupos diários com 20 pesssoas
OBS: o Parque oferece hospedagem

Município: Teodoro Sampaio
Endereço: Rod. SPV-028, km 11
Acesso: Rod. Castelo Branco ou Rod. Raposo Tavares até Presidente Prudente . Seguir em direção a Pirapozinho pelas estradas SP-272/SP-563/SP-613. Até o parque SPV-028
Fone: (18) 3282-1599
E-mail: pe.mdiabo@fflorestal.sp.gov.br
Site: Parque Estadual do Morro do Diabo
Horário da trilha: das 07h00 às 13h30

Mapa da Trilha do Morro do Diabo

 

Baixe o mapa da Trilha do Morro do Diabo. (Necessário Google Earth instalado no computador)


azureuser